Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Os péssimos resultados fiscais dos últimos quatro anos levaram a presidente Dilma Rousseff a dar o braço a torcer. Depois de muito relutar em admitir a piora das contas públicas, ela deu sinais de que finalmente caiu em si. Sob a ameaça de o país de ser rebaixado pelas agências de classificação de risco em 2015, a chefe do Executivo indicou que os próximos anos… Leia mais Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Dilma diz que inflação está sob controle; BC nega. Quem está com a razão?

Apenas um dia após a presidente Dilma Rousseff ter afirmado a empresários que “a inflação Vem caindo de maneira consistente nos últimos meses”, o Banco Central (BC) rebateu o discurso oficial do Palácio do Planalto e recomendou prudência com a escalada dos preços. Nas palavras dos diretores que assinam a ata da última reunião do… Leia mais Dilma diz que inflação está sob controle; BC nega. Quem está com a razão?

Dilma se apega ao menos pior para sobreviver politicamente

Diante da falta de notícias positivas no front econômico, o governo elegeu a queda da inflação em junho e em julho como arma para minimizar o baixo crescimento da atividade e garantir um discurso positivo à campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição em 2014. Depois de autorizar o Banco Central a subir a taxa… Leia mais Dilma se apega ao menos pior para sobreviver politicamente

Em um ano em que tudo tem que dar certo, controle da inflação é o desafio

Por Deco Bancillon* Enviado especial São Paulo – Em um ano em que até os mais pessimistas preveem a retomada mais forte do crescimento econômico, há uma voz dissonante no mercado financeiro. “Para que o país cresça de forma sustentável, por mais tempo, é preciso, primeiro, controlar a inflação e aceitar, momentaneamente, umcrescimento (do Produto Interno Bruto,… Leia mais Em um ano em que tudo tem que dar certo, controle da inflação é o desafio

Como estimular o investimento privado? Com pragmatismo

Por Deco Bancillon São Paulo — Pragmatismo. Na opinião do conceituado economista-chefe do Itaú Unibanco, Ilan Goldfajn, essa é a virtude que falta ao governo para viabilizar os imprescindíveis investimentos de que a economia brasileira depende para crescer sustentadamente. Em 2012, diante da incerteza acerca da recuperação econômica global e da postura intervencionista do Estado… Leia mais Como estimular o investimento privado? Com pragmatismo