BC confirna país em recessão e alimenta incertezas quanto ao futuro do pleno emprego

Recessão vai bater forte no emprego O início conturbado do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff deixa claro que a petista terá dificuldades de cumprir duas promessas feitas em campanha: proteger o emprego mesmo diante da estagnação do Produto Interno Bruto (PIB) e livrar o país do ajuste recessivo que o PT atribuía à candidatura… Leia mais BC confirna país em recessão e alimenta incertezas quanto ao futuro do pleno emprego

Novos tempos: Só 10% das transações bancárias são feitas em agências

Avanço do consumo on-line O brasileiro já faz de tudo um pouco pelo smartphone: paga a conta do restaurante, acerta a corrida do táxi, troca o canal na tevê e até mede a frequência cardíaca. Mas, entre todas as facilidades que a tecnologia proporcionou à vida moderna, uma das que mais agrada é a possibilidade de realizar transações bancárias, mesmo complexas, sem precisar se deslocar… Leia mais Novos tempos: Só 10% das transações bancárias são feitas em agências

Brasil ultrapassará o Japão e se tornará o 4º país em número de internautas

País dos conectados A escalada dos preços fez o consumidor cortar diversas despesas do dia a dia. Do chopinho depois do trabalho ao churrasco de domingo. Um item, no entanto, não entrou na lista: o aparelho celular. Mesmo em meio à paralisia do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), os brasileiros seguiram ativos no consumo digital. Só em 2014, foram vendidos no país mais de 50… Leia mais Brasil ultrapassará o Japão e se tornará o 4º país em número de internautas

Crédito caro e escasso trava crescimento econômico

Crédito e consumo menores   DECO BANCILLON   Há quatro anos, o paraense Melquizebec Soares Araújo, então com 38 anos, realizou seu maior sonho: após uma vida de esforço e de trabalho intenso como pedreiro, ele, enfim, deu entrada no financiamento da casa própria. Assumiu, de uma só vez, contas de água, luz, telefone e… Leia mais Crédito caro e escasso trava crescimento econômico

Bancos impõem pesada alta de juro ao consumidor

A temporada de juros baixos, que marcou o início do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, ficou mesmo no passado. Com a escalada da taxa básica Selic, iniciada em outubro de 2014, o crédito ficou mais caro e escasso. Para piorar, temendo nova onda de desemprego, em razão da estagnação econômica, os bancos decidiram emprestar só para clientes com garantias de pagamento. Mesmo assim, os financiamentos aprovados pesam cada vez mais… Leia mais Bancos impõem pesada alta de juro ao consumidor

Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Os péssimos resultados fiscais dos últimos quatro anos levaram a presidente Dilma Rousseff a dar o braço a torcer. Depois de muito relutar em admitir a piora das contas públicas, ela deu sinais de que finalmente caiu em si. Sob a ameaça de o país de ser rebaixado pelas agências de classificação de risco em 2015, a chefe do Executivo indicou que os próximos anos… Leia mais Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Deu no Correio: Alívio da Rússia derruba o dólar e puxa a bolsa

LEIA MATÉRIA NA ÍNTEGRA – Alívio da Rússia derruba dólar e puxa bolsa Veio da Rússia ajuda de que o Brasil precisava para reverter uma tendência de perdas na bolsa e de disparada do dólar, que, após cinco sessões seguidas em alta, finalmente fechou o dia em queda frente o real. A moeda norte-americana caiu 1,23%, cotada a R$ 2,702 para a venda. Já o… Leia mais Deu no Correio: Alívio da Rússia derruba o dólar e puxa a bolsa

Museu do Louvre: a máquina francesa de arrecadar dinheiro sem aumentar impostos

Das vezes que visitei o Louvre, o museu mais visitado do mundo, em Paris, notei como os franceses utilizam o espaço como uma bem azeitada máquina de ganhar dinheiro. Nenhum problema quanto a isso. Afinal, a cultura – seja a de massas ou até mesmo a clássica – é um ativo que, se bem explorado,… Leia mais Museu do Louvre: a máquina francesa de arrecadar dinheiro sem aumentar impostos

Dilma diz que inflação está sob controle; BC nega. Quem está com a razão?

Apenas um dia após a presidente Dilma Rousseff ter afirmado a empresários que “a inflação Vem caindo de maneira consistente nos últimos meses”, o Banco Central (BC) rebateu o discurso oficial do Palácio do Planalto e recomendou prudência com a escalada dos preços. Nas palavras dos diretores que assinam a ata da última reunião do… Leia mais Dilma diz que inflação está sob controle; BC nega. Quem está com a razão?

Dilma se apega ao menos pior para sobreviver politicamente

Diante da falta de notícias positivas no front econômico, o governo elegeu a queda da inflação em junho e em julho como arma para minimizar o baixo crescimento da atividade e garantir um discurso positivo à campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição em 2014. Depois de autorizar o Banco Central a subir a taxa… Leia mais Dilma se apega ao menos pior para sobreviver politicamente