Quando assessor e jornalista têm interesses opostos, deve prevalecer sempre o bom senso

Por Deco Bancillon   No exercício abaixo, reproduzo visões diferentes de um mesmo tema: os convites de assessores para eventos com jornalistas. A percepção que tenho é, como é natural que seja, mais inclinada à razão dos assessores. Mas a experiência que tive do outro lado do balcão mostrou que o despreparo das fontes quase sempre… Leia mais Quando assessor e jornalista têm interesses opostos, deve prevalecer sempre o bom senso

Negócio dos jornais não é papel e tinta, mas jornalismo

A afirmação ao lado é do comunicador Marcelo Tas, dita em entrevista aos repórteres Flávio Costa e Jéssica Oliveira, do Portal Imprensa. Colo, abaixo, os principais trechos do ponto a ponto publicado pelo site da revista da construtiva entrevista de Marcelo Tas. REDES SOCIAIS E O “CQC” Eu tenho certeza que as redes sociais e… Leia mais Negócio dos jornais não é papel e tinta, mas jornalismo

Praxe na imprensa, jornalismo de tese é alvo de críticas

Por Pedro Venceslau e Ruy Barata Neto* Leitor atento e consumidor voraz de informação, o professor Roberto Romano confidencia que fica especialmente irritado quando vai buscar seu jornal do dia e se depara com a famigerada “falsa capa” que anda na moda. Mas considera que, apesar de ostensiva, essa estratégia comercial pelo menos é clara… Leia mais Praxe na imprensa, jornalismo de tese é alvo de críticas

Patrulha do bom mocismo não fiscaliza o quintal de casa

Há mesmo credibilidade e responsabilidade do jornalista com aquilo que ele fala ou escreve? É um ponto de reflexão. Não é segredo que há gente mal intencionada nas redações, mas é certo que boa parte dos erros jornalísticos deve-se à falta de estrutura e seriedade de alguns veículos. O diretor de redação sabe que cada… Leia mais Patrulha do bom mocismo não fiscaliza o quintal de casa