BC confirna país em recessão e alimenta incertezas quanto ao futuro do pleno emprego

Recessão vai bater forte no emprego O início conturbado do segundo mandato da presidente Dilma Rousseff deixa claro que a petista terá dificuldades de cumprir duas promessas feitas em campanha: proteger o emprego mesmo diante da estagnação do Produto Interno Bruto (PIB) e livrar o país do ajuste recessivo que o PT atribuía à candidatura… Leia mais BC confirna país em recessão e alimenta incertezas quanto ao futuro do pleno emprego

Comunicação morde e assopra confunde analistas e coloca em xeque credibilidade do Banco Central

Leia matéria completa aqui…Banco Central confunde mercado   Tido como um dos raros redutos livres do aparelhamento político que se instalou na Esplanada dos Ministérios e elogiado pelo quadro técnico de reconhecida competência, o Banco Central (BC) tem recebido críticas contundentes que colocam em xeque a credibilidade construída durante décadas de trabalho sério. Entre os… Leia mais Comunicação morde e assopra confunde analistas e coloca em xeque credibilidade do Banco Central

Novos tempos: Só 10% das transações bancárias são feitas em agências

Avanço do consumo on-line O brasileiro já faz de tudo um pouco pelo smartphone: paga a conta do restaurante, acerta a corrida do táxi, troca o canal na tevê e até mede a frequência cardíaca. Mas, entre todas as facilidades que a tecnologia proporcionou à vida moderna, uma das que mais agrada é a possibilidade de realizar transações bancárias, mesmo complexas, sem precisar se deslocar… Leia mais Novos tempos: Só 10% das transações bancárias são feitas em agências

Brasil ultrapassará o Japão e se tornará o 4º país em número de internautas

País dos conectados A escalada dos preços fez o consumidor cortar diversas despesas do dia a dia. Do chopinho depois do trabalho ao churrasco de domingo. Um item, no entanto, não entrou na lista: o aparelho celular. Mesmo em meio à paralisia do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), os brasileiros seguiram ativos no consumo digital. Só em 2014, foram vendidos no país mais de 50… Leia mais Brasil ultrapassará o Japão e se tornará o 4º país em número de internautas

Crédito caro e escasso trava crescimento econômico

Crédito e consumo menores   DECO BANCILLON   Há quatro anos, o paraense Melquizebec Soares Araújo, então com 38 anos, realizou seu maior sonho: após uma vida de esforço e de trabalho intenso como pedreiro, ele, enfim, deu entrada no financiamento da casa própria. Assumiu, de uma só vez, contas de água, luz, telefone e… Leia mais Crédito caro e escasso trava crescimento econômico

Bancos impõem pesada alta de juro ao consumidor

A temporada de juros baixos, que marcou o início do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff, ficou mesmo no passado. Com a escalada da taxa básica Selic, iniciada em outubro de 2014, o crédito ficou mais caro e escasso. Para piorar, temendo nova onda de desemprego, em razão da estagnação econômica, os bancos decidiram emprestar só para clientes com garantias de pagamento. Mesmo assim, os financiamentos aprovados pesam cada vez mais… Leia mais Bancos impõem pesada alta de juro ao consumidor

Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Os péssimos resultados fiscais dos últimos quatro anos levaram a presidente Dilma Rousseff a dar o braço a torcer. Depois de muito relutar em admitir a piora das contas públicas, ela deu sinais de que finalmente caiu em si. Sob a ameaça de o país de ser rebaixado pelas agências de classificação de risco em 2015, a chefe do Executivo indicou que os próximos anos… Leia mais Descalabros fiscais impõem receituário da austeridade

Deu no Correio: Alívio da Rússia derruba o dólar e puxa a bolsa

LEIA MATÉRIA NA ÍNTEGRA – Alívio da Rússia derruba dólar e puxa bolsa Veio da Rússia ajuda de que o Brasil precisava para reverter uma tendência de perdas na bolsa e de disparada do dólar, que, após cinco sessões seguidas em alta, finalmente fechou o dia em queda frente o real. A moeda norte-americana caiu 1,23%, cotada a R$ 2,702 para a venda. Já o… Leia mais Deu no Correio: Alívio da Rússia derruba o dólar e puxa a bolsa

Uma terra de contrastes – Reportagem vencedora do Prêmio Esso de Jornalismo Econômico

DECO BANCILLON Enviado especial São Gabriel da Cachoeira (AM) — Nas últimas três décadas, à medida que, no Brasil urbano, os planos econômicos e as diversas trocas de moeda imprimiam a marca da desconfiança sobre o país, em São Gabriel da Cachoeira, cidade encravada na selva amazônica, no comércio local ainda imperava o escambo. Na… Leia mais Uma terra de contrastes – Reportagem vencedora do Prêmio Esso de Jornalismo Econômico

Favela de índio à beira do Rio Negro

A instalação de uma agência da Previdência Social no município, no fim do ano passado, fez os preços dispararem ainda mais. Do dia para a noite, a cidade foi invadida por milhares de famílias indígenas, atraídas pela promessa de benefícios pagos pelo governo, como o Bolsa Família, auxílio maternidade e aposentadoria rural. Quem tinha espaço… Leia mais Favela de índio à beira do Rio Negro